13/05/2008

Sobem para 65 as mortes por dengue no município do Rio

Mais uma vítima confirmada: ele era morador de Marechal Hermes, no subúrbio. Secretaria de Saúde vai desativar a tenda de hidratação da Gávea.

A Secretaria municipal de Saúde confirmou mais uma morte por dengue no Rio. Agora, são 65 os casos de óbito na cidade neste ano, mesmo número de óbitos registrados em 2002, quando também morreram 65 pessoas com a doença.

A vítima foi um homem de 44 anos, morador de Marechal Hermes, no subúrbio, que morreu no dia 24 de abril com o tipo hemorrágico da doença.

Esta já é considerada a pior epidemia da história: são 107 mortes em todo o estado. A prefeitura anunciou, nesta terça-feira (13), que vai estender o plano de verão de combate à dengue pelo menos até dezembro.

 Alerj regulamenta venda de tampas de caixas d’água 
A Assembléia Legislativa do estado do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou, na tarde desta terça-feira (13), projeto de lei determinando que todas as empresas e estabelecimentos que distribuam caixas d’água fiquem obrigadas a comercializar as peças e os componentes das caixas de forma avulsa.

De acordo com a lei aprovada pelos deputados, , que, para entrar em vigor, ainda precisa ser sancionada pelo governador Sérgio Cabral, as empresas e estabelecimentos deverão afixar um cartaz com a expressão “tampa e caixa dágua são comercializados separadamente”, em local visível de fácil percepção.

Centro de Hidratação da Gávea será desativado
A Secretaria estadual de Saúde e Defesa Civil informou que desativará o Centro de Hidratação da Gávea, Zona Sul, no fim da tarde desta quarta-feira (14). O motivo do fechamento é o baixo movimento na unidade.

Os pacientes com dengue serão atendidos no Hospital Municipal Miguel Couto e no Centro de Saúde Municipal Píndaro de Carvalho Rodrigues, que ficam, respectivamente, no Leblon e na Gávea, na Zona Sul da cidade e próximos ao local onde está instalada a tenda.

Na próxima segunda-feira (19), será a vez de o Centro de Hidratação da Penha, no subúrbio, ser desativado. O espaço passará a ser administrado pelo Hospital Estadual Getúlio Vargas e vai funcionar como apoio ao Serviço de Pronto-Atendimento (SPA).

Fonte: G1

Última atualização: 13/05/2008

Leia também:

Combate à Dengue nas Redes Sociais


1 Comentário Publicado

  • shakloca — 02/05/2011 @ 20:46

    eu acho que o Brasil devia se preparar melhor com esse lance da dengue!



Deixe sua mensagem

(obrigatório)

(obrigatório)

Mensagem