02/07/2014

São Paulo confirma mais duas mortes por dengue

A Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo confirmou nesta quinta-feira mais duas mortes por dengue na capital paulista. Com os novos casos, o número de óbitos pela doença neste ano já chega a dez. Em todo o ano passado, foram duas mortes. De acordo com a secretaria, uma das vítimas é uma idosa de 75 anos moradora da República, na região central da cidade. A outra vítima é uma adolescente de 14 anos que vivia no Limão, Zona Norte.

Embora tenham sido confirmadas só agora, as mortes ocorreram em 8 e 13 de abril, mês que registrou o pico da doença. Sete das oito mortes já divulgadas anteriormente ocorreram nesse mesmo período. Apenas um óbito ocorreu antes, no mês de fevereiro.

Até agora, a cidade já registrou 12.531 casos de dengue neste ano, 10% a mais do que o total de notificações acumuladas até o balanço anterior, divulgado há uma semana. Comparado ao mesmo período do ano passado, o aumento é de mais de 400%. De janeiro a junho de 2013, foram 2.479 casos. Em todo o ano de 2010, quando a cidade viveu o pior surto de dengue dos últimos dez anos, o número de casos não chegou a 6.000, menos da metade do registrado em 2014.

A taxa de incidência geral da capital paulista é de 111 casos por 100.000 habitantes, índice considerado médio pelo Ministério da Saúde. É a primeira vez em dez anos que essa taxa sai do patamar classificado como baixo (inferior a 100 casos por 100.000 habitantes).

Distritos — Dos 96 bairros de São Paulo, apenas um não registrou nenhum caso de dengue: Marsilac, na Zona Sul. Segundo a Prefeitura, subiu de 11 para 16 o número de distritos com transmissão de dengue em nível de emergência. Entre eles, estão Jaguaré, Rio Pequeno, Vila Jacuí, Itaquera, Tremembé, Pirituba, Campo Limpo, Capão Redondo, Butantã e Lapa, Raposo.

Apesar dos números e da confirmação de duas novas mortes, a Secretaria da Saúde afirma que o pior período da doença já passou, já que o número de casos da doença registrados começou a desacelerar na cidade. A Prefeitura afirma ainda que continua realizando ações de combate ao mosquito Aedes aegypti em todas as regiões da capital.

F0nte: Veja.com

Última atualização: 02/07/2014

Textos relacionados:

Combate à Dengue nas Redes Sociais


2 Comentários Publicados


Deixe sua mensagem

(obrigatório)

(obrigatório)

Mensagem