10/05/2013

Quatro pessoas morrem de dengue no DF em 2013; casos crescem 763%

Quatro pessoas morreram de dengue no Distrito Federal nos quatro primeiros meses de 2013, segundo boletim divulgado pela Subsecretaria de Vigilância à Saúde do DF, nesta quarta-feira (8). Duas das vítimas eram moradores do DF; as outras duas viviam em cidades do Entorno. O número de casos da doença aumentou 763% entre janeiro e abril deste ano, em comparação com 2012. Foram 2.566 casos confirmados nas 18 primeiras semanas de 2013, contra 336 no mesmo período do ano passado.

Os casos de morte registrados no DF envolvendo moradores do Entorno ocorreram por febre hemorrágica da dengue, segundo a Secretaria de Saúde. Um dos moradores do DF morreu de dengue com complicações, e outra de síndrome do choque da dengue.

O número de notificações, quando há suspeita de um caso da doença, também teve aumento nos primeiros quatro meses do ano. Foram 8.694 casos notificados, contra 1.884 no mesmo período do ano passado, um crescimento de 461%.

A região com maior número de casos registrados foi Ceilândia, com 403 casos. Em seguida, aparecem Samambaia (com 365 casos), Brazlândia (212), Planaltina (198), Sobradinho II (189) e Taguatinga (148).

Sobradinho II lidera a estatística de número de casos por 100 mil habitantes, com média de 564,89. A segunda região com maior incidência por grupo de moradores é Brazlândia, com 427,2 casos por 100 mil habitantes. Em seguida aparecem Itapoã (420,11), SCIA / Estrutura (396,43) e Fercal (389,64). A média no DF é de 328,63 casos por grupo de 100 mil habitantes.

O número de casos importados da doença (moradores do DF que adquiriram a dengue em outras unidades da federação) nas 18 primeiras semanas do ano foi de 2.110, número 15 vezes maior do que os 139 casos registrados no mesmo período do ano passado.

Fonte: G1 DF

Última atualização: 10/05/2013

Textos relacionados:

Combate à Dengue nas Redes Sociais

Deixe sua mensagem

(obrigatório)

(obrigatório)

Mensagem