29/03/2011

Paraná confirma 10ª morte por dengue no estado

Um boletim divulgado pela Secretaria de Saúde do Paraná nesta segunda-feira (28) confirma dez mortes por dengue em 2011, em todo o Paraná. Até o dia 21 de fevereiro eram nove mortes no estado.

No boletim atualizado, outra morte foi confirmada em Cornélio Procópio, no Norte do Paraná.

No total, desde o início de 2011, já foram duas mortes em Londrina, cinco em Jacarezinho, uma em Cambará, uma em Carlópolis e uma em Cornélio Procópio.

O Paraná tem 5.684 casos confirmados de dengue em 115 municípios. A maioria deles são casos autóctones (5.508), quando as vítimas são infectadas na própria cidade, e 176 casos importados.

Em sete dias, houve um aumento de 25% dos casos confirmados. São 1.152 novos casos da doença e outros 16 municípios que passaram a ter infectados.

De acordo com a Secretaria de Saúde do Paraná, quatro municípios concentram 76,7% dos casos de dengue no estado: Londrina (2.534), Foz do Iguaçu (626), Cornélio Procópio (622) e Jacarezinho (577). Só em Londrina, houve um aumento de 21% no número de casos, desde o último boletim divulgado dia 21.


Alto risco de epidemia

No boletim divulgado, a Secretaria de Saúde do Paraná também informou que 16 municípios do estado que estão sob alto risco de epidemia de dengue. São eles: São Miguel do Iguaçu, Leópolis, Florestópolis, Astorga, Cambé, Assaí, Bela Vista do Paraíso, Medianeira, Maripá, Santa Fé, Marialva, Matelândia, Sarandi, Goioerê, Paiçandu e Cascavel.

Suspeita de morte


Um rapaz de 17 anos morreu em Foz do Iguaçu, neste domingo (27), com suspeita de dengue.

Ele deu entrada no pronto atendimento da cidade no sábado (26) à noite, foi diagnosticado como dengue, medicado e liberado. De acordo com a família, ao chegar em casa ele começou a passar mal novamente e foi levado para o Hospital Municipal, onde morreu por volta das 5h.

Representantes da Secretaria de Saúde de Foz do Iguaçu esperam exames laboratoriais para a confirmação da primeira morte por dengue no município.

Fonte: G1

Última atualização: 29/03/2011

Textos relacionados:

Combate à Dengue nas Redes Sociais

Deixe sua mensagem

(obrigatório)

(obrigatório)

Mensagem