07/04/2011

Norte, Nordeste e Sul têm mais casos de dengue no 1º trimestre do que em 2010

O número de casos de dengue nas regiões Norte, Nordeste e Sul de 1º de janeiro a 31 de março deste ano já é maior do que os notificados no mesmo período de 2010. Segundo boletim divulgado pelo Ministério da Saúde nesta quarta-feira (6) no Norte, por exemplo, já foram notificados 76.671 casos, frente os 45.445 no mesmo período do ano passado.

No Nordeste, neste ano 47.404 pessoas foram infectadas, ante os 31.440 casos do primeiro trimestre de 2010. E, no Sul, 28.445 casos foram informados às unidades de saúde, enquanto de janeiro a março de 2010 foram 17.207.

Nas regiões Sudeste e Centro-Oeste, no entanto, o número de casos caiu de um ano para o outro. No Centro-Oeste foi notificado no primeiro trimestre deste ano a infecção de 21.035 pessoas, ante 144.789 no mesmo período de 2010. E, no Sudeste, houve 81.179 notificações até março de 2011, ante 209.820 casos notificados no primeiro trimestre de 2010.

Aproximadamente 68% de todos os casos do país (184.646) concentram-se em sete Estados: Amazonas (36.841), Rio de Janeiro (31.412), Paraná (27.217), Acre (21.199), São Paulo (19.538), Minas Gerais (18.070) e Ceará (16.659).

O Sudeste e Centro-Oeste refletem os números nacionais, já que houve queda de 46% no número de casos de dengue em todo o país nos três primeiros meses do ano comparado ao mesmo período de 2010. Os registros gerais da doença caíram 43% – de 448.701 em 2011, para 254.734, em 2010.

Cai número de mortes e casos graves

O número de mortes e casos graves (dengue hemorrágica) em decorrência da dengue também caíram nesse período de um ano para o outro. No mesmo balanço preliminar foram confirmadas 95 mortes pela doença, em todo o país. No mesmo período do ano passado, foram 261 mortes – indicando queda de 64%.

A maior parte das mortes confirmadas ocorreu no Nordeste – 32 casos, dos quais 20 no Ceará. Em seguida vêm as regiões Sudeste (27 casos confirmados, sendo 19 no Rio de Janeiro) e Norte (20 mortes por dengue, 12 delas no Amazonas). O Paraná concentra as dez mortes confirmadas na região Sul, e Goiás, as seis mortes por dengue no Centro-Oeste . Um total de 123 mortes suspeitas por dengue permanece em investigação.

As formas graves de dengue tiveram redução de 69% no primeiro trimestre de 2011. Foram 2.208, contra 7.064 no mesmo período de 2010. A região Sudeste concentra 1.260 casos graves confirmados – dos quais 1.064 foram registrados no Rio de Janeiro.

No Norte, foram confirmados 498 casos graves, sendo 407 no Amazonas. O Nordeste confirmou 315 casos graves, dos quais 123 no Ceará. No Centro Oeste, foram 88 confirmados (35 em Goiás) e, no Sul, 47 – quase todos no Paraná (46).

Fonte: R7

Última atualização: 07/04/2011

Textos relacionados:

Combate à Dengue nas Redes Sociais

Deixe sua mensagem

(obrigatório)

(obrigatório)

Mensagem