13/04/2011

Município do Rio registra mais de mil novos casos de dengue em 24 horas

O município do Rio de Janeiro registrou mais de mil novos casos de dengue em 24 horas. Segundo balanço divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, o número de vítimas passou de 19.603 na segunda-feira (11) para 20.744 nesta terça-feira (12).

A zona oeste é a área que concentra maior número de infectados. Só em Santa Cruz, 1.464 pessoas foram vítimas do mosquito Aedes aegypti. Até segunda-feira, eram 1.352. Em Campo Grande, mais de 60 pessoas contraíram a doença de segunda para terça. Em Bangu, o número aumentou de 768 para 777; e em Realengo, de 791 para 754.

Outra área que registra grande número de infectados é a Rocinha, em São Conrado, na zona sul. Na comunidade, há 698 moradores com dengue.

Nesta terça-feira, funcionários da Secretaria Municipal de Saúde encontraram focos do mosquito Aedes aegypti em uma casa abandonada no Méier, na zona norte. Funcionários começaram a entrar pela primeira vez em imóveis fechados, após aprovação do decreto nº 31.406, de 2009, que autoriza os agentes de vigilância em saúde a vistoriar os locais sem a presença do proprietário.

Eles vão inspecionar ainda dois imóveis, em Inhaúma e no Engenho de Dentro, também na zona norte, cujos responsáveis não responderam às notificações feitas após as tentativas de visita.

Desde janeiro, os agentes tentam entrar nos imóveis, sem sucesso. O uso do decreto reforça a postura da prefeitura de combater, preventivamente, situações que representam risco de proliferação do mosquito transmissor da dengue.

A ação conta com apoio da Vigilância Sanitária e da Guarda Municipal, e com a presença do secretário municipal de Saúde e Defesa Civil, Hans Dohmann.

Fonte: R7

Última atualização: 13/04/2011

Textos relacionados:

Combate à Dengue nas Redes Sociais

Deixe sua mensagem

(obrigatório)

(obrigatório)

Mensagem