28/09/2011

Medidas simples eliminam focos do mosquito da dengue

A Prefeitura de Uberlândia desenvolve um trabalho permanente e preventivo para controlar a proliferação do mosquito transmissor da dengue, mas é preciso também contar com a participação da população.

Somente no período de estiagem, os cerca de 400 agentes de saúde do Programa de Controle e Combate à Dengue realizaram mais de um milhão de ações de vigilância na cidade.

As principais são as visitas comerciais, domiciliares, ferros-velhos, vedação de caixas d’água, recolhimento de pneus, inserção de peixes que se alimentam das larvas do inseto em tanques de decantação e projetos de educação em saúde em escolas e empresas.

Com o período de chuvas se aproximando, a administração municipal está reforçando o pedido de apoio da população para que ela continue parceira no combate à dengue. Medidas simples, como limpar os pratinhos de plantas, lavar os bebedouros de animais e retirar dos quintais e terrenos vagos objetos que acumulam água contribuem para a eliminação de focos do mosquito.

Além destas ações, em conjunto com a comunidade, através do Centro de Controle de Zoonoses, a Prefeitura de Uberlândia desenvolve outros projetos de enfrentamento ao Aedes aegypti. Diariamente, a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos realiza serviços de varrição e capina de ruas e avenidas, retirada de entulho, limpeza e roçagem de terrenos e desobstrução de bocas de lobo.

O Mutirão Cidade Limpa complementa o combate. O trabalho de conscientização e limpeza nos bairros conta com o serviço de Cata-Treco. Dois caminhões percorrem as vias da cidade para recolher materiais de grande porte e que não são coletados pelo caminhão de lixo. Sofá, fogão, geladeira, colchões velhos ou inutilizados podem ter um destino ambientalmente correto. Basta ligar para o número 3212-5356 e agendar a coleta.

Os materiais são enviados para cooperativas e associações de recicladores que fazem a triagem do material para selecionar o que pode ser reutilizado. As partes consideradas inutilizadas são destinadas ao aterro sanitário.

Fonte: Farol Comunitário

Última atualização: 26/09/2011

Textos relacionados:

Combate à Dengue nas Redes Sociais


1 Comentário Publicado

  • felicia alves leitao de melo — 19/05/2014 @ 7:46

    uma criança de 10 meses esta se recuperando de dengue, a mae levou na upa em salvodor e foi esse diagnostico…… como fazer para nao repetir? estou procupada e assustada me orientem por favor



Deixe sua mensagem

(obrigatório)

(obrigatório)

Mensagem