19/04/2011

Médicos investigam se leite materno imuniza contra a dengue

Médicos da Faculdade de USP de Ribeirão Preto, em parceria com a Secretaria de Saúde do município, investigam se o leite materno consegue imunizar bebês contra a dengue.

A pesquisa acompanhou uma gestante que teve dengue pela primeira vez quatro dias antes de o bebê nascer. Dez dias após o parto, o sangue e o leite da mãe não tinha mais o vírus, mas possuía anticorpos. Já no sangue do bebê, não foram encontrados nem o vírus, nem anticorpos.

Em outro caso testado, os pesquisadores encontraram o vírus no sangue de uma mãe que teve dengue três meses depois de dar à luz, mas o resultado foi negativo para o leite.

De acordo com o médico infectologista Benedito Antônio Lopes da Fonseca, responsável pela pesquisa, ainda não é possível dizer que se o bebê for picado por um mosquito contaminado estará protegido pela amamentação.

“O que a gente sabe que os anticorpos de várias doenças, entre elas, a dengue, são secretados no leite materno e o vírus não tem o receptor, ou seja, ele não consegue infectar as células das glândulas mamárias e contaminar o leite”, afirma o médico.

A dúvida dos pesquisadores também é a da psicóloga Ana Carolina Fantinato, mãe de Miguel, de um ano. Ela e o marido tiveram dengue ao mesmo tempo, mas ela não deixou de amamentar e o bebê não teve dengue. “Meu medo era que ele ficasse doente, mas como não aconteceu, a gente desconfia que foi algo do leite”, afirma a psicóloga, mãe da criança.

Fonte: EPTV

Última atualização: 19/04/2011

Textos relacionados:

Combate à Dengue nas Redes Sociais

Deixe sua mensagem

(obrigatório)

(obrigatório)

Mensagem