18/02/2011

Governo do Rio entra em alerta devido a casos de dengue

O aumento do número de casos de dengue colocou a Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro em estado de alerta. No município do Rio, foram registrados até agora 1.107 casos de dengue, dos quais 948 foram contabilizados em fevereiro. Em janeiro e fevereiro do ano passado, foram notificados, respectivamente, 113 e 176 casos. No ano inteiro, foram 3.120 casos.

A Secretaria Estadual de Saúde informa que no mês de janeiro o número de casos de dengue no Estado dobrou em comparação ao mesmo período de 2010. Em 2010 foram notificados 1.447 casos, enquanto que este ano já são, 3.069.

Até agora, uma menina de 9 anos, morreu da doença. Ela era moradora de Itaboraí e estava internada no Hospital Santa Cruz, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio, desde 26 de dezembro do ano passado.

Segundo dados do programa Rio Contra a Dengue, era esperado um aumento no número de casos para este ano, em razão da reintrodução do vírus do tipo 1, além de ser verão, estação propícia à maior incidência do vírus. A preocupação maior é com a população com idade até 24 anos, que está mais suscetível ao vírus tipo 1, uma vez que ainda não contraiu esse tipo, pois a última epidemia deste vírus foi na década de 80. Há também a possibilidade da introdução da dengue do tipo 4, que ainda não foi detectada no Estado, o que pode dificultar o controle da doença e de uma possível epidemia.

De acordo com o Ministério da Saúde, por enquanto, a situação está sobre controle, mas nada que evite o estado de alerta. O Governo e a Prefeitura do Rio, tem intensificado as ações de combate a doença, através do carro fumacê e visitação às residências para destruir possíveis focos do mosquito.

Com a proximidade do carnaval, por exemplo, a prefeitura do Rio tem reforçado o combate à dengue nas áreas de folia. Um trabalho de prevenção vem sendo feito no Sambódromo do Rio e na Cidade do Samba, na Zona Portuária da cidade.

Fonte: Band

Última atualização: 18/02/2011

Textos relacionados:

Combate à Dengue nas Redes Sociais

Deixe sua mensagem

(obrigatório)

(obrigatório)

Mensagem