16/01/2012

Google pode ajudar a mapear casos de gripe e dengue

Você sabia que o Google é uma importante fonte de informação para os hospitais e centros médicos que desejam obter dados atualizados do alcance do vírus da gripe e da dengue? O mapeamento é feito através dos portais  Google Tendências da Dengue e Google Tendências da Gripe.

Para levantar as estatísticas, o Google usa dados de pesquisas da internet feitas ao redor do mundo com palavras chaves que remetam às doenças. A dinâmica é simples, quanto maior o número de usuários que procuram informações sobre determinado vírus na internet em certo local, maior é a possibilidade de que um surto de dengue ou gripe esteja acontecendo naquela região.

A informação é útil principalmente para os hospitais e centros médicos, que podem se preparar caso percebam que o vírus esteja se aproximando. Segundo o Google, é claro que nem toda pessoa que procura por “gripe” está doente, porém comparações feitas com dados reais de agências de saúde afirmaram que a porcentagem de acerto é grande.

Atualmente o Google possui estatísticas de cerca de 20 países diferentes, no entanto a tendência é que este número aumente nos próximos meses. Os dados são atualizados diariamente, garantindo que a informação chegue ao usuário praticamente em tempo real.

Um estudo publicado na revista Clinical Infectious Diseases comprovou a eficiência da ferramenta ao comparar os números do portal com dados do departamento de saúde da cidade de Baltimore, nos Estados Unidos. O estudo mostrou que o número de pesquisas relacionadas à gripe na internet aumentou na mesma proporção que os atendimentos do hospital local Johns Hopkins.

Fonte: Universia Brasil

Última atualização: 16/01/2012

Textos relacionados:

Combate à Dengue nas Redes Sociais

Deixe sua mensagem

(obrigatório)

(obrigatório)

Mensagem