12/03/2013

Dengue faz as primeiras vítimas de 2013 no estado do Rio

As duas primeiras mortes por dengue no estado do Rio de Janeiro em 2013 foram registradas na última quarta-feira (7 de março) . Uma foi no Hospital Municipal de Araruama, e a outra em São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos. A Secretaria de Saúde do Estado havia confirmado 32.126 casos suspeitos de dengue.

Os dados de casos notificados foram compilados pela Secretaria de Saúde a partir de informações inseridas no sistema pelos municípios até o dia 5 de março de 2013.

A doença é transmitida pela picada do mosquito hospedeiro infectado, o Aedes aegypti. O vírus passa por um período de incubação de quatro a 10 dias. Os primeiros sinais são febre alta, dor nas articulações e músculos, fraqueza, falta de apetite, manchas avermelhadas pelo corpo, fortes dores de cabeça e dor no fundo dos olhos.

A chamada dengue clássica cura-se naturalmente, quando o organismo livra-se do vírus através de anticorpos. A forma hemorrágica, no entanto, requer mais cuidados. Quando o paciente apresenta o quadro hemorrágico existe sangramento da gengiva, das narinas e de órgãos internos, o que ocasiona dores abdominais.

Não existe um tratamento específico para a dengue, mas apenas para os sintomas. Ou seja, antitérmicos auxiliam a controlar a febre e os analgésicos amenizam as dores musculares e de cabeça, por exemplo. Quando há suspeita da doença, todos os medicamentos que sejam feitos à base de ácido acetil salicílico têm de ser evitados.

Fonte: Jornal do Brasil

Última atualização: 12/03/2013

Textos relacionados:

Combate à Dengue nas Redes Sociais

Deixe sua mensagem

(obrigatório)

(obrigatório)

Mensagem