08/02/2011

Dengue afetou cerca de um milhão de brasileiros em 2010

Cerca de um milhão de pessoas tiveram dengue ano passado no Brasil. Quase 600 morreram por causa da doença que insiste em aterrorizar o brasileiro. O desconhecimento ainda é o principal aliado do mosquito transmissor da doença.

A rotina de enfrentar o inimigo insistente e cruel deixa em alerta quem já viu a batalha ser perdida. A região do Campo Limpo, zona sul da capital paulista, foi a campeã em casos de dengue no ano passado. Mas a proximidade com a doença não significa intimidade com o assunto.

O perigo não é o mosquito, mas o vírus que ele pode carregar. Quando o Aedes aegypti pica alguém, o vírus que provoca a dengue cai na corrente sanguínea, se multiplica e se fixa nas paredes dos vasos e artérias. Nosso organismo envia um exército de anticorpos para expulsá-los.

Os sintomas característicos da doença são febre alta, dores de cabeça, cansaço, dor muscular e nas articulações, manchas na pele e indisposição. Mas se além dos sintomas aparecerem sangramentos é sinal que a doença evolui para a sua forma mais grave: a dengue hemorrágica. Nesse caso, a falta de tratamento pode matar.

Existem quatro tipos de vírus da dengue. Quando a pessoa é vítima de um, o corpo se torna imune a aquele tipo, mas continua exposto aos outros. Na segunda contaminação, o organismo trava uma batalha ainda mais intensa contra o vírus.

Fonte: Eband

Última atualização: 08/02/2011

Textos relacionados:

Combate à Dengue nas Redes Sociais