21/03/2011

Combate ao mosquito da Dengue com alta tecnologia

O trabalho de combate ao mosquito transmissor da dengue em Ananindeua ganhou mais uma importante ferramenta. Agora a Secretaria de Saúde do município utiliza o geoprocessamento para monitorar o Aedes aegypti por meio da construção de mapas temáticos a partir da tecnologia do Sistema de Posicionamento Global (GPS), bases cartográficas e imagens digitais de satélite. Tudo para apontar as áreas de maior proliferação do mosquito. Ananindeua é o primeiro município do Pará a utilizar o método. A aplicação e utilização do geoprocessamento na identificação e análise das áreas onde se encontra o maior número de ocorrência de casos de dengue viabilizam maior eficácia das ações de combate às larvas e mosquitos. Assim, os agentes da Secretaria de Saúde de Ananindeua identificam onde exatamente há maior incidência dos vetores da doença. Já estão feitos mapeamentos de terrenos baldios, casas abandonadas e, com o LIRA (Levantamento do Índice Rápido do Aedes aegypti), os trabalhos são intensificados nas áreas em que os resultados apresentam índices acima de 1%. As ações de combate vão desde a eliminação de focos de mosquitos, com fumacê, até a limpeza da área, feita em parceria com a Secretaria de Saneamento do município.

Fonte Diário do Pará

Última atualização: 21/03/2011

Textos relacionados:

Combate à Dengue nas Redes Sociais

Deixe sua mensagem

(obrigatório)

(obrigatório)

Mensagem