13/10/2011

Alface poderá ser vacina comestível contra a dengue

O alface pode se transformar em uma arma contra a dengue. Cientistas da Universidade de Brasília e da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) deverão estudar o uso da verdura geneticamente modificada como vacina comestível contra a doença.

Segundo o especialista da Embrapa em plantas transgênicas Francisco Aragão, a técnica consiste na inoculação de partículas do vírus nas folhas da planta.

“Uma das dificuldades é que a pessoa não poderia comer uma salada e ficar imune à doença. Seria preciso controlar a quantidade exata de proteínas do vírus em cada folha”, explica, acrescentando que para isso seria preciso criar e monitorar condições de temperatura e luminosidade no plantio.

Atualmente, a equipe trabalha no desenvolvimento de teste capaz de diagnosticar a dengue em até 24 horas, usando como reagente as folhas modificadas.

Ontem, o Ministério da Saúde anunciou que vai destinar mais R$ 90 milhões aos municípios que apresentarem propostas inovadoras de combate à dengue. A verba será destinada a 989 municípios. O órgão também informou que vai promover ações de capacitação rápida de 66 mil profissionais de saúde em todo País.

Fonte: O Dia Online

Última atualização: 12/10/2011

Textos relacionados:

Combate à Dengue nas Redes Sociais

Deixe sua mensagem

(obrigatório)

(obrigatório)

Mensagem