02/02/2011

Alagoas notifica três óbitos suspeitos de dengue

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), por meio da Superintendência de Vigilância em Saúde (Suvisa), informa que foram notificados três óbitos suspeitos de dengue em Alagoas, sendo dois procedentes do interior e um de Maceió. Segundo a superintendente de Vigilância em Saúde, Sandra Canuto, um caso já foi confirmado pelo Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs/AL) e os outros dois estão sob investigação por meio da realização de exames.

O relatório de investigação consta da segunda semana epidemiológica, que vai de 21 de janeiro a 1º de fevereiro deste ano, elaborado pelo Cievs. Sandra Canuto ressaltou que, para combater o mosquito transmissor da dengue, Alagoas vem intensificando ações em parceria com os municípios. Já foram realizadas mobilização em Murici, Palmeira dos Índios e Delmiro Gouveia, devendo se estender aos demais municípios alagoanos.

Além disso, ela informou que o Comitê Estadual de Combate à Dengue também está mobilizado. Durante a primeira reunião de 2011, os integrantes se comprometeram a traçar estratégias para combater a doença em Alagoas. Na oportunidade, foi elaborado um plano de contingenciamento, com diretrizes da vigilância epidemiológica para cuidar do controle vetorial e programar ações de comunicação.

A superintendente reforçou a necessidade de a população fazer a sua parte, como evitar acúmulo de água em depósitos, manter a área externa da residência limpa; não deixar garrafas pets abertas, evitar plantas em vasos com água, entre outras.

“As pessoas que apresentarem sintomas como febre alta repentina, forte dor de cabeça e atrás dos olhos devem procurar uma unidade de saúde mais próxima. Os cuidados com água parada, caixa d’água descoberta, entre outros, devem ser diários”, destacou.

Ao todo, 16 estados estão com risco alto de surto de dengue. São eles: Acre, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Piauí, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro, Sergipe, Tocantins e Alagoas.

No mês passado, o secretário de Estado da Saúde, Alexandre Toledo, se reuniu com o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, para discutir estratégias para o combate à dengue no país. Outra ação importante foi o Encontro de Assessores de Comunicação, que reuniu representantes de comunicação de todos os estados do país.

Fonte: Gazeta Web

Última atualização: 02/02/2011

Textos relacionados:

Combate à Dengue nas Redes Sociais